quinta-feira, 21 de novembro de 2019   
logo
Nossa Missão
A ABO-RJ é uma entidade com características técnico-científica, culturais, filantrópicas e sociais, constituída por número ilimitado de sócios cirurgiões-dentistas, acadêmicos de Odontologia e demais profissionais afins regularmente inscritos nos respectivos Conselhos.

:: Uma Tese Histórica
 
Milanez do Santos,
Custódio - "Da osteo-myelite necrosica dos maxilares e seu tratamento pelo ácido sulfúrico".

These de Doutoramento: Aprovada com Distincção e Laureada pela Faculdade - Prêmio Manoel Feliciano - na Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro.

Apresentada em 03 de setembro de 1921 e defendida em 17 de dezembro do mesmo ano. 67 páginas; 4 páginas com ilustrações fotográficas.

O autor era Capitão do Exército e Professor Cathedrático da Escola Livre de Odontologia do Rio de Janeiro.

A Tese é dividida em: Prefácio;
Capítulo I - Etiopathogenia;
Capítulo II - Anatomia e Physiologia Pathologica;
Capítulo III - Symptomatologia, Marcha, Duração e Terminação;
Capítulo IV - Diagnostico;
Capítulo V - Tratamento; Observações e Fotogravuras.

O tratamento proposto consistia na aplicação da fórmula:
Decocto de quina - 500,0
Ácido Sulfúrico diluído - 4,0
Essência de h. pimenta - V gottas

Em irrigação alveolar e pelos trajetos fistulosos. Para neutralizar a ação descalcificante sobre os dentes, usava-se também uma "lavagem da cavidade buccal com solução alcalina".

Dessa maneira, "o tratamento das necroses consiste em favorecer pela drenagem e irrigações antissépticas o escoamento do pús, atendendo-se a mobilização de sequestro. Quando este estiver completamente móvel, praticar-se-á a extração".

No dizer do autor, " o ácido sulfúrico diluído é um cáustico inteligente como o azotato de prata; é por assim dizer uma cureta chimica".

A Tese finaliza com observações sobre três casos, exibindo uma série de "photogravuras stereoscopicas" o que, para a época deve ter sido um adiantamento digno de nota.

Em uma das contracapas está a relação de professores da Faculdade de Medicina, onde se pode reconhecer os nomes de grandes médicos da época.

Natural de Paraíba, o Dr. Custódio, nasceu em 09/11/1879 e formou-se pela Faculdade em 1899.

Foi um dos fundadores da Escola Livre de Odontologia no princípio do século, onde ocupou a cátedra de Patologia dentária. Custódio Milanez dos Santos é avô materno do Dr. João Luiz Pinto da Fonseca, Patrono do Museu de Odontologia do IASERJ.

 Jornalista Responsável: Cíntia de Assis | Desenvolvimento: SR Informática | Realização: ABO-RJ Siga-nos no Facebook Facebook