quinta-feira, 21 de novembro de 2019   
logo
Nossa Missão
A ABO-RJ é uma entidade com características técnico-científica, culturais, filantrópicas e sociais, constituída por número ilimitado de sócios cirurgiões-dentistas, acadêmicos de Odontologia e demais profissionais afins regularmente inscritos nos respectivos Conselhos.

:: Motta Maia, O Amigo do Rei
 
Cláudio Velho da Mota Maia nasceu no Rio de Janeiro em 14 de abril de 1845.
Recebeu o diploma de médico pela Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro, em 1866.
Seu título foi registrado na Junta de Higiene no livro 1, página 6, verso.
Foi catedrático de Anatomia Topográfica e Medicina Operatória em 1880.
Era o médico do Imperador D.Pedro II com o qual desenvolveu significativa amizade., sendo fidalgo da Casa Imperial, Comendador da Ordem de Cristo no Brasil e membro do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro.
Sua tese de doutoramento tinha como título Ovariotomia. Escreveu também alguns trabalhos sobre a medicina francesa.
Acompanhou o Imperador ao exílio. Faleceu em 1897.

O Museu Imperial de Petrópolis tem em seu acervo um lindo pote de vidro craqueado, com um rótulo , no qual se lê uma fórmula, que, embora não tenha indicação de uso, é claramente um pó dentifrício:
"Pharmacia Imperial
Uso externo N. 97133
Para SM o Imperador
Carbonato de magnésia-----240 gram.
Aromatise com hortelã e core brandamente com carmim
Dr. Motta Maia"

Foi manipulada sob a responsabilidade de José de Andrade Monteiro, rua da Misericórdia , 24.

O Museu Inaldo Neves Manta está exibindo quadros de professores da Faculdade de Medicina. Entre eles , encontra-se o de Mota Maia, de autoria de Rodolfo Amoedo.
Pintor e professor, Amoedo nasceu no Rio de Janeiro em 1857. Estudou com Vitor Meireles, entrou para a Academia Imperial de Belas Artes, em 1874. Ganhando prêmio de viagem, permaneceu em Paris por 8 anos. Teve alunos hoje famosos tais como Eliseu Visconti e Cândido Portinari. Suas pinturas decoram o Teatro Municipal do Rio de Janeiro, a Biblioteca Nacional, o Palácio Itamaraty.
O quadro com Mota Maia está no acervo da UFRJ) e o pote para o pó dentifrício do Imperador faz parte do acervo do Museu Imperial de Petrópolis.

(Ref.-Magalhães, F. O Centenário da Faculdade de Medicina-1831-1932 Salles Cunha, E- Um pó dentifrício para SM o Imperador, Riogrande Odont. V 8, mar/abr, p 5-6, 1950)
Adriana Barreira -(Museu Inaldo Neves Manta)
Thales Ribeiro de Magalhães ( Museu Salles Cunha- ABORJ)

 Jornalista Responsável: Cíntia de Assis | Desenvolvimento: SR Informática | Realização: ABO-RJ Siga-nos no Facebook Facebook