quinta-feira, 21 de novembro de 2019   
logo
Nossa Missão
A ABO-RJ é uma entidade com características técnico-científica, culturais, filantrópicas e sociais, constituída por número ilimitado de sócios cirurgiões-dentistas, acadêmicos de Odontologia e demais profissionais afins regularmente inscritos nos respectivos Conselhos.

:: Um Diplomata Importante
 
Durante sua visita no Museu Salles Cunha, o Dr. Cyro Gomide Loures teve a sua atenção voltada ao diploma de Doutor em Odontologia conferido a Fernando Soares Brandão, pela Escola de Odontologia de Belo Horizonte (MG), datado de 25 de abril de 1907, em exposição no Museu.

Soares Brandão, segundo concluiu, foi o 1º Livre Docente em Odontologia no Brasil.

Fernando Soares Brandão se transferiu para o Rio de Janeiro, ocupando a Diretoria da FFOERJ, em Niterói, no período de 31/05/1924 a 08/12/1925 e de 19/02/1931 a 03/04/1934, ano em que faleceu.

Ata da reunião:
“Aos 3 dias do mez de fevereiro de 1907, na cidade de Belo Horizonte, Capital do Estado de Minas Gerais, sendo Presidente do Estado o Exmo. Sr. Dr. João Pinheiro da Silva, e Presidente da República o Exmo. Sr. Conselheiro Affonso Augusto Moreira Penna, em casa de redidência do cirurgião-dentista Manoel Teixeira de Magalhães Penido, à rua dos Caetés n. 390, reuniram-se em sua sala de visitas os membros da Congregação Dr. Antonio do Prado Lopes Pereira, Dr. Fernando de Carvalho Soares Brandão, Farmaceutico Antonio Joaquim Teixeira Duarte, Dr. José Fernandes de Barros e Manoel de Magalhães Penido, deixando de comparecer sem causa participada o Dr. Benjamin Moss e com causa participada o cirurgião-dentista Austen Drummond. Foi aberta a sessão pelo Sr. Magalhães Penido, que ao mesmo tempo pedia vénia aos seus ilustrados colegas para fazer a leitura do Regulamento da Escola Livre de Odontologia do Rio, reconhecido oficialmente pelo Governo de República. Feita a leitura do Regulamento, foi o mesmo aprovado e mandado imprimir. Marcou-se outra sessão para o dia 17 de março para discussão dos programas e dos horários das aulas, em casa do Dr. Soares Brandão, e bem assim para a eleição da Diretoria da Escola Livre de Odontologia. Ficou por conseguinte fundada a Escola no dia 3 de fevereiro de 1907. Nada mais havendo a tratar encerrou-se a sessão da Congregação da Escola Livre de Odontologia, às 2 horas da tarde. Eu, Manoel Teixeira de Magalhães Penido, servindo de Presidente e de Secretário o escrevi e assino.”

 Jornalista Responsável: Cíntia de Assis | Desenvolvimento: SR Informática | Realização: ABO-RJ Siga-nos no Facebook Facebook